sexta-feira, 22 de junho de 2012

Semana das Expressões



Os ateliês, a feira do ambiente e a caminhada com desenho promovidos pelos professores de EVT






Decorreram de 4 a 8 de Junho diversas atividades que animaram o espaço escolar e não só… Em cada dia, alunos, professores e funcionários, vestiram uma peça de roupa para criar uma mancha colorida e sentir o espírito coletivo. No dia azul, houve dobragens na sala EV2 com o professor António Duarte, de manhã. À tarde, no pátio, foi possível praticar o desenho num ateliê promovido pelas professoras Cláudia Mestre e Manuela Rolão. Os alunos puderam entrar na câmara escura construída pelos alunos do clube de desenho e ver como a imagem se forma dentro da máquina fotográfica.

No dia verde, decorreu a feira do ambiente, onde se podiam adquirir trabalhos feitos por alunos com atitude ecológica das professoras Cláudia Mestre e Paula Baptista.

No dia amarelo, decorreu o criativo ateliê de estampagem preparado pelas professoras Ana Bela Chaves e Emília Pereira.



 No dia vermelho, um grupo de 50 professores e alunos realizou a caminhada com desenho, praticando exercício físico e, nas pausas, desenvolvendo as suas capacidades de observação através da prática de desenho em locais como o miradouro da Arrentela, o ecomuseu (núcleo naval) e a quinta da Fidalga. Esta atividade interdisciplinar de EVT com educação física foi preparada pelas professoras Helena Dias, Vera Tavares, Paula Baptista, Carla Baltazar e Manuela Rolão com a colaboração dos professores Maria João Boné, Ana Abreu e Bosco Fernandes.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Literatura infantil é felicidade em tempo de crise

 
O livro A bicicleta que tinha bigodes, do escritor angolano Ondjaki, foi o vencedor do Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância 2012.


Segundo o autor, hoje vivemos um tempo de muitas dificuldades, e esse acesso à fantasia (através da literatura) permite que as crianças cresçam mais felizes.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Dia Mundial da Criança

NÃO EDUQUE UMA CRIANÇA APENAS PARA VENCER NA VIDA E SIM PARA SER FELIZ. ASSIM ELA APRENDERÁ O VALOR DAS COISAS E NÃO O SEU PREÇO.

Anónimo


Participa nas atividades da Biblioteca Municipal do Seixal!



A arte da luz

Os alunos do oitavo ano apresentaram uma mostra de candeeiros realizados nas aulas de Educação Tecnológica, sob a orientação dos professores Glória Gatinho e Rui Amaro.


Esta foi a finalização de um projeto de eletrificação de um candeeiro construído com materiais reciclados.
Os utilizadores do CREPT admiraram a beleza dos trabalhos expostos, tecendo largos elogios e mostrando grande interesse em aprenderem esta técnica.
Professora Maria José Amador










Exposição

D. Pedro e D. Inês

Leituras Andarilhas

 A BRUXA GATUCHA PETUCHA
na Quinta da Courela

No âmbito do projeto colaborativo com o CREPT, “Leituras Andarilhas”, no passado dia vinte e quatro de maio, a professora Rosa Narciso foi “enfeitiçar” os meninos, do 2º ano na Quinta da Courela, com a Gatucha Petucha. Petochi Scrabui eram as palavras mágicas que a bruxa usava para se transformar em pequenina e esconder-se da mãe da Julieta, e desta forma a menina não conseguia provar à mãe que as bruxas existiam. Durante a leitura da história a pequenada concordou que a bruxa malvada, com um nariz pequenino e feio, como um piolho, não podia continuar a chamar pateta à Julieta e a querer trincar-lhe os pés. Gatucha tantas fez que… Julieta conseguiu agarrá-la e mandá-la para muito longe, talvez para outro planeta.

Os alunos mostraram-se atentos e participativos quer durante a leitura quer durante a realização das três tarefas posteriores – resumo da narrativa, jogo do galo e ficha de trabalho de compreensão do conto. Quem sabe se a Gatucha Petucha não estará já a viver em casa de algum destes meninos, no meio de uma fatia de bolo ou escondida no armário? Eu, Rosa, ADOREI partilhar mais um momento de leitura com estes pequenos, meninos mas tão grandes nas suas atitudes e saber estar. No final recebi abraços e algumas palavras de agradecimento em inglês. Digam lá que não valeu a pena?
Professora Rosa Narciso


Se eu fosse um Livro

 A exposição «Se eu fosse um livro», patente na Galeria Pedro de Sousa desde dia 23 de maio, com trabalhos dos alunos do 7º A, surge na sequência de um projeto interdisciplinar entre Português e Educação Visual.


Aproveitando a ideia de José Jorge Letria no seu livro Se eu fosse um livro, os alunos elaboraram as suas ideias por escrito, na disciplina de Português, continuando o seu trabalho na disciplina de Educação Visual com a ilustração dessas mesmas ideias, como se fosse um livro.


Entre opiniões «Se eu fosse um livro, partia à aventura pelo mundo inteiro» e «Se eu fosse um livro, gostaria que toda a gente me estivesse a ver e todos me quisessem ter», os alunos viajaram e construíram páginas de um novo livro, pois «Se eu fosse um livro, criaria uma nova aventura na nossa imaginação».


Procurem novas aventuras nessa exposição.


Professora Sofia Venceslau

Art Gallery

A ideia de que através da Arte nos podemos conhecer melhor juntou três países – Bulgária, Portugal e Turquia – e quatro escolas - num projeto europeu designado “Art Gallery: The ones about to be forgotten” que teve o seu início em Setembro de 2010 e terminará no final deste ano letivo. Como o título sugere, a Arte de um povo poderá cair no esquecimento se não houver motivação para a preservar e se não se promover uma consciência intercultural. Foi com este desígnio que alunos e professores se envolveram em diversas atividades, divulgadas ao longo destes dois anos.

Em maio, esteve patente, na Galeria Pedro de Sousa, uma exposição que deu a conhecer o trabalho desenvolvido ao longo da reunião do projeto que, este ano, teve lugar na Bulgária.

Para mais informações pode-se sempre visitar o blogue:

 
http://comeniusschoolpartnership. blogspot.com/